Campeonato Nacional de Fundo e Taça de Portugal de Tripulações

 

Decorreu nos dias 2 e 3 de Abril de 2016 o Campeonato Nacional de Fundo e a Taça de Portugal de Tripulações no Rio Douro, Melres-Gondomar. Participaram mais de um milhar de atletas de 51 clubes.

 

 

A ARCOR participou no Campeonato Nacional de Fundo e Taça de Portugal de Tripulações em Canoagem, num fim de semana de condições climatéricas extremas com muito frio, chuva e vento. Mesmo assim, nada impediu que este fosse o Campeonato Nacional mais participado de sempre, com quase 1000 atletas na água, nesta competição que é a verdadeira festa anual da Canoagem e que demonstra o excelente momento por que passa a  modalidade em Portugal.

 

A ARCOR fez-se representar com a sua equipa quase completa, cerca de 30 atletas, desde os mais novos com 10 anos até aos mais velhos com cerca 65.

 

Coletivamente, a ARCOR obteve um excelente 9º lugar no Campeonato Nacional  e 12º lugar na Taça de  Portugal, entre os cerca de 50 clubes que marcaram presença, muitos dos quais com estruturas profissionalizadas, o que não acontece com o nosso clube. Mesmo assim, com estes resultados a ARCOR continua a manter a possibilidade de permanecer no tão desejado “top ten” do Ranking Nacional de Clubes.

 

A nível individual, de destacar o 2º lugar em C2 Sénior da embarcação constituída pelos dois atletas internacionais da ARCOR , Tiago Tavares e Fábio Lopes, o 4º lugar de Fábio Lopes em C1 sénior e as três medalhas de bronze conquistadas, nos escalões mais jovens, por José Brinco em k1 iniciado e Manuel Brinco em K1 Infantil e em Veteranos C, do António Brinco. De destacar também alguns resultados de atletas que ficaram próximo das medalhas como Gabriela Resende, 6ª classificada em K1 iniciada feminino, João Pedro Framegas, que perto do final da prova foi vítima de um incidente que o impediu de lutar por um lugar próximo do pódio, entre outros...

 

Este excelente conjunto de resultados nos escalões mais jovens é a prova de que a canoagem da ARCOR não tem só presente e passado mas tem também um futuro promissor, graças ao excelente trabalho realizado pelos treinadores João Paulo Brinco, André Santos e Ana Almeida, alguns deles que para além de treinadores marcaram também presença como atletas e com resultados bastante interessantes.