Festa de Final de Ano

Terminou mais um ano lectivo que, como já é tradição, encerrou com uma magnífica festa em que as crianças e os Pais foram os principais protagonistas. Marcaram também presença a Sra. Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Águeda, os Senhores Presidentes da Freguesia e da Tuna de Óis da Ribeira bem como todos os elementos da Direcção da ARCOR e funcionários da instituição. Do programa da festa, apresentado por uma Mãe, constavam diversos números que envolveram as crianças de todas as respostas sociais e ainda um Teatro dinamizado pelos encarregados de educação. No final crianças e  Pais tiveram oportunidade de confraternizar tendo como pano de fundo um lanche partilhado. Agradecemos penhoradamente o empenho de todos na concretização de mais este evento e desejamos a todas as nossas crianças umas excelentes férias.

Dia Mundial da Criança

Ontem comemorou-se mais um Dia da Criança. A ARCOR, como não podia deixar de ser, organizou  um dia diferente que passou por um almoço ao ar livre de todas as crianças das respostas sociais, engalanado com pinturas faciais, modelagem de balões e outros divertimentos, num ambiente de festa que marcou o registo deste dia. Curiosamente também os adultos presentes, auxiliares de educação e cozinheiras, aderiram à brincadeira, ostentando pinturas faciais colorindo, ainda mais, o ambiente das nossas crianças.

“Era uma vez... um Dragão”

Assim se intitulava a peça que, no passado dia 25 de Março, as crianças da resposta social Jardim-de-Infância foram gentilmente convidadas a assistir pela C. M. de Águeda, juntamente com outras centenas de crianças de outras IPSS's e Jardins-de-Infância Públicos do nosso concelho.

A peça debruçava-se sobre os valores da verdade/mentira e da valentia/cobardia, valores que hoje em dia estão tão em voga e habitam os sonhos de todas as crianças: porque mentir por vezes faz-nos saír bem, e mostrar-se valente, mesmo sem o ser, ajuda a ser líder e a ser admirado por todos... mas na hora H, todos os valentes e mentirosos são apanhados e tudo se desvanece neste mundo de ilusão...

As crianças gostaram muito da peça e aprenderam que não se deve mentir nem fazer-se passar por aquilo que não são pois, cedo ou tarde, toda a verdade se descobre e as pessoas deixam de acreditar em nós e na nossa palavra.

Aqui fica um obrigado à C. M. de Águeda e um apelo a que este seja apenas o primeiro de muitos eventos deste género, que promovam o teatro para crianças, de uma forma lúdico-pedagógica e gratuita, para que todos tenham igual acesso à cultura.

Hora do Conto - Registo Fotográfico

Registo Fotográfico da participação das crianças do Jardim de Infância da ARCOR na Hora do Conto...

Hora do conto (pdf)